Escola João e Maria – 36 Anos Fazendo a Diferença

Entrega da Medalha do Construtor do Desenvolvimento Regional

montagemtiaritamedalha
No dia 27 de julho, o Presidente do Conselho da Representação Regional da FIRJAN/CIRJ, Fernando José Coutinho Aguiar, comandou a celebração da entrega da Medalha do Construtor do Desenvolvimento Regional, evento que homenageou a nossa diretora Rita de Cássia Rocha Soares Chardelli, no discurso muito emocionado de nossa diretora, ela ressaltou a importância do trabalho em equipe, destacando o empenho e dedicação de sempre da coordenadora Rosâna dos Santos Rangel.

Segue o discurso de apresentação lido pelo apresentador da homengem:

Graduada em Comunicação Social, licenciada em Pedagogia e Educação Artística, pós-graduada em Psicopedagogia e Educação Infantil e Mestra em Ensino de Ciência da Saúde e Ambiente, a educadora Rita de Cássia Rocha Soares Chardelli, ao longo dos anos, vem desenvolvendo um trabalho educacional com um olhar abrangente e de vanguarda, lutando pela educação de qualidade para todos. Na Escola João e Maria, em que é diretora, abriu as portas para a educação inclusiva, sendo pioneira nesta área em nossa cidade. A experiência que teve, em 1977, como professora de música da APOE, serviu de base para que algo maior se concretizasse em sua vivência educacional, entendendo que conviver com o diferente nos torna pessoas mais sensíveis.

De personalidade forte e autêntica, Rita de Cássia possui grande capacidade de realização. No período em que atuou na Faculdade de Filosofia de Campos, hoje UNIFLU (Centro Universitário Fluminense), teve importante e destacada participação em momentos decisivos na Instituição, onde se graduou. Foi membro do Conselho Superior e do Conselho das Faculdades e, ali, deixou o seu legado como professora nos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu e na Licenciatura em Pedagogia, da qual foi também coordenadora. Na Licenciatura em Artes Visuais teve  participação fundamental  na produção de projetos inovadores que puderam ser aplicados em diversas escolas municipais e estaduais, em que os alunos estagiavam, desenvolvendo práticas nas aulas de Arte que contribuíram de forma significativa para a aprendizagem dos alunos.

  A educadora deixou também seu legado na Prefeitura de Campos, quando atuou na Secretaria de Educação. Sem jamais abandonar sua grande preocupação no que diz respeito à Educação Inclusiva, implementou  uma nova abordagem  de atendimento a alunos portadores de necessidades especiais, em salas de recursos próprios para a dinamização de aprendizado,  e promoveu a capacitação de professores nesse sentido. Assim, junto com sua equipe, produziu importante  material didático sobre a distorção idade/série, que chegou a ser publicado na época.

Atuou também como membro da Diretoria do Sindicado das Escolas Particulares de Campos, em que pode colocar em prática seus estudos sobre Gestão Escolar.

Atualmente, seu trabalho está voltado para a escola particular da qual é diretora há 35 anos. Buscando desenvolver ao máximo as potencialidades dos alunos, no compromisso do ensino de qualidade e inclusão de todos no espaço escolar, a Escola João e Maria possui lugar de destaque cujo reconhecimento ultrapassa a esfera do município de Campos dos Goytacazes.

A breve trajetória acima descrita reflete uma prática pedagógica construída com competência, responsabilidade, ética e grande respeito às diferenças. Essa prática atinge desde a mais tenra idade na Escola Infantil até a formação de novos educadores.  Por tudo isso, pode-se afirmar que Rita de Cássia tem tido papel de grande relevância na área da educação em toda a região Norte-Fluminense do estado do Rio de Janeiro.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *